ATENÇÃO: Esta é uma página gerada automaticamente com base na sua pesquisa. Este site não disponibiliza links para downloads ilegais ou piratas.

Antoine de Saint-Exupéry

Livro “O Pequeno Príncipe” me trouxe o gosto da infância
Livro “O Pequeno Príncipe” me trouxe o gosto da infância

Livro “O Pequeno Príncipe” me trouxe o gosto da infância

Em dias mais simples eu comia muito chocolate e adorava meu livro do "O Pequeno Príncipe", que também era meu programa favorito na TV, senti um pouco dessa sensação ótima ao ler essa nova edição da Paulinas de um dos livros mais lidos do mundo, “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, traduzida pela renomada escritora Luciana Sandroni especialmente para a editora.

Por

O livro conta a história do pequeno príncipe de um planeta desconhecido, que encontra um aviador forçado a fazer um pouso de emergência no deserto. A partir desse encontro inusitado, feito de diálogos e silêncios, laços de amizade vão sendo construídos, à medida que se aprende a ver com o coração. “O Pequeno Príncipe” é um livro poético, que provoca em leitores de todas as idades reflexões importantes sobre valores universais. Esta edição de Paulinas conta com projeto gráfico do recifense André Neves, que já recebeu diversos prêmios por seus trabalhos, como o Prêmio Luís Jardim, o Prêmio Jabuti e o Prêmio Açorianos, além de vários selos “Altamente Recomendável”, concedidos pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. André dedica-se a escrever e ilustrar para crianças de todas as idades, e suas imagens já foram vistas por crianças e adultos do mundo inteiro, em mostras de ilustração dedicadas à infância. André Neves concedeu leveza e sutileza à obra de Exupéry. Seu projeto passa a ideia de resgate à obra original, com o tom envelhecido de algumas páginas do miolo e a capa da primeira edição em francês na composição da capa desta edição. Além disso, ilustram o livro as aquarelas originais do autor. O livro já está à venda em todas as livrarias Paulinas do Brasil e também na loja on-line da editora.

Luciana Sandroni

Nascida em 1962, no Rio de Janeiro, Luciana Sandroni publicou vários livros para crianças, como “Minhas memórias de Lobato”, com ilustrações de Laerte, que conquistou o Prêmio Jabuti e o Prêmio FNLIJ e foi indicado para a lista de honra do IBBY – International Board on Books for Young People. Publicou “O Mário que não é de Andrade”, que recebeu o Prêmio FNLIJ, e “Joaquim e Maria e a estátua de Machado de Assis”, ambos com ilustrações de Spacca. Sua personagem Ludi já fez várias aventuras pela história do Rio de Janeiro, como “Ludi na Revolta da Vacina”, com ilustrações de Humberto Guimarães, que recebeu o Prêmio Carioquinha e o Prêmio FNLIJ. Luciana formou-se em Letras pela PUC do Rio de Janeiro e fez mestrado em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo.