Downloads
11 meses atrás

Baixar o livro “A Escrava Isaura” em PDF grátis

Baixar o livro “A Escrava Isaura” em PDF grátis

Um clássico da literatura que já virou até novela com um final surpreendente, o livro “A Escrava Isaura” é um lindo romance de Bernardo Guimarães que teve sua primeira edição publicada em 1875.

“Era nos primeiros anos do reinado do Sr. D. Pedro II. No fértil e opulento município de Campos de Goitacases, à margem do Paraíba, a pouca distância da vila de Campos, havia uma linda e magnífica fazenda”

Uma heroína escrava branca e com caráter nobre, ainda sim demonstra “conhecer o seu lugar” na sociedade da época, suportando perseguições e injustiças sem se revoltar.

“Subamos os degraus, que conduzem ao alpendre, todo engrinaldado de viçosos festões e lindas flores, que serve de vestíbulo ao edifício. Entremos sem cerimônia. Logo à direita do corredor encontramos aberta uma larga porta, que dá entrada à sala de recepção, vasta e luxuosamente mobiliada. Acha-se ali sozinha e sentada ao piano uma bela e nobre figura de moça. As linhas do perfil desenham-se distintamente entre o ébano da caixa do piano, e as bastas madeixas ainda mais negras do que ele. São tão puras e suaves essas linhas, que fascinam os olhos, enlevam a mente, e paralisam toda análise. A tez é como o marfim do teclado, alva que não deslumbra, embaçada por uma nuança delicada, que não sabereis dizer se é leve palidez ou cor-de-rosa desmaiada. O colo donoso e do mais puro lavor sustenta com graça inefável o busto maravilhoso. Os cabelos soltos e fortemente ondulados se despenham caracolando pelos ombros em espessos e luzidios rolos, e como franjas negras escondiam quase completamente o dorso da cadeira, a que se achava recostada. Na fronte calma e lisa como mármore polido, a luz do ocaso esbatia um róseo e suave reflexo; di-la-íeis misteriosa lâmpada de alabastro guardando no seio diáfano o fogo celeste da inspiração. Tinha a face voltada para as janelas, e o olhar vago pairavalhe pelo espaço.”

O livro é claramente antiescravagista e libertário, fazendo assim o texto ir além do simples romance, abrindo os olhos do leitor para as condições inaceitáveis da escravidão.

“Malvina era boa e confiante, e nunca teria duvidado da inocência de Isaura, se não fosse Rosa, sua terrível êmula e figadal inimiga. Depois do desaguisado, de que Isaura foi causa inocente, Rosa ficou sendo a mucama ou criada da câmara de Malvina, e esta às vezes desabafava em presença da maligna mulata os ciúmes e desgostos que lhe ferviam do coração.”

Com o sucesso da obra, Bernardo Guimarães se tornou um dos mais populares romancistas de seu tempo e é lembrado até hoje.

Download grátis

O livro está disponível como domínio público e pode ser baixado gratuitamente pelo link abaixo:

Blog De Livros

O BlogDeLivros.com é um espaço feito com carinho por pessoas que gostam de ler para pessoas que amam livros. ♥ Assim como você, somos loucos por livros, daqueles que entram para espiar a livraria e se perdem nas horas lá dentro, mas tudo bem, somos felizes assim... Leia Mais

Vamos Bater um Papo?