Como O PEQUENO PRÍNCIPE me ajudou nessa pandemia

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

[ad_1]

Ok, você pode estar pensando: “É claro que O Pequeno Príncipe é um livro incrível! Mas por que você está trazendo isso agora? Você tem vivido debaixo de uma rocha? ” Bem, sim? Eu não tinha consciência da virtude e da beleza desse romance durante grande parte da minha vida.

Isto é, até eu ler pela primeira vez, quase dois anos atrás, quando fui para Seul, na Coreia do Sul. O que isso tem a ver com O pequeno Príncipe? Bem, eu vou te dizer.

Em 2018, me mudei para a Coreia para ensinar inglês a um grupo de adoráveis ​​crianças de 6 anos. Enquanto estive lá, desfrutei de uma infinidade de museus de arte, áreas comerciais e guloseimas deliciosas. Curiosamente, enquanto fazia compras feliz, encontrei vários cadernos e carteiras decorados com imagens de Antoine de Saint-Exupéry O pequeno Príncipe. O primeiro pensamento que tive ao vê-los foi nos meus amigos do ensino médio que o leram como parte de seu currículo para as aulas de francês. Se ao menos aqueles amigos tivessem me dito para ler então.

As imagens de O pequeno Príncipe em papelaria não parou por aí. Também encontrei brincos e tapeçarias com o querido personagem principal. Não muito depois disso, visitei o Querido meu pequeno príncipe exposição no Museu Coreano de Arte Contemporânea. Continha uma série de quartos modelados a partir dos diferentes planetas em O pequeno Príncipe bem como alguns belos sinais de néon e luminárias de sonho. A exposição tinha muitas áreas perfeitas para tirar fotos, das quais gostei imensamente. Se você gostaria de ver algumas fotos da exposição, dê uma olhada aqui. Depois de assistir à exposição e talvez antes, ficou decidido: eu tinha que conseguir um exemplar e lê-lo o mais rápido possível. E eu fiz.

Lendo O pequeno Príncipe

Lê-lo como um adulto é provavelmente uma experiência diferente do que lê-lo como um adolescente ou aluno do ensino médio. Lembro-me de como me senti ao lê-lo de forma tão vívida. Evocou as qualidades mais infantis que possuo – isto é, minha curiosidade e admiração. Isso me aproximou da mentalidade de meus alunos, que englobavam essas características de maneira mais vibrante. Lê-lo enquanto ensinava me lembrou de como nutrir a curiosidade natural de uma criança não deve ser apenas um efeito colateral positivo da educação, mas sim uma prioridade e um objetivo.

Depois de deixar Seul e retornar aos Estados Unidos, tive minha cota de dificuldade em navegar pelos eventos de 2020. O último ano ou mais trouxe novos desafios, um deles notável sendo o ambiente sombrio em que estamos operando. Como outros , Eu me encontrei mais dentro e longe dos entes queridos. Então, o que me deu uma mão amiga e refrescou minha mente? Por quê, O pequeno Príncipe claro.

Relendo O pequeno Príncipe foi uma das melhores decisões que tomei até agora durante esta pandemia. Ao longo de uma semana e meia, li um capítulo antes de dormir. Desta vez, li uma versão diferente do livro que tem uma nova tradução de Juok Yoon e ilustrações de Minji Kim.

Não foi apenas calmante, mas também me deu tempo para pensar em certas idéias. Isso me tirou da minha situação atual e me transportou para longe, para uma pequena estrela minha. Quando cheguei ao final, ainda não consegui conter as lágrimas.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Com isso em mente, aqui estão três mensagens de O pequeno Príncipe que mantenho em meu coração durante os momentos de estresse.

1. O que é importante na vida

Enquanto o pequeno príncipe viaja de planeta em planeta, ele se depara com uma coleção de personagens que representam loucuras que frequentemente encontramos e exibimos quando adultos. Um exemplo é quando o pequeno príncipe vai para o segundo planeta onde o Sr. Presunçoso vive. Depois que o Sr. Presunçoso pergunta ao pequeno príncipe se ele o admira, o príncipe responde:

“Eu te admiro” enquanto “encolhe os ombros ligeiramente, perguntando-se que diferença isso poderia fazer … Ele pensou consigo mesmo, enquanto viajava, que os adultos eram certamente muito estranhos” (73).

De Saint-Exupery, Antoine. O pequeno Príncipe. Traduzido por Juok Yoon. Indigo, 2015.

Hoje em dia, frequentemente me concentro em coisas que importam, mas também posso me envolver em coisas que fazem perder meu tempo e drenam meu espírito. Desse modo, nós, adultos, somos de fato muito, muito estranhos.

2. Para cuidar de meus entes queridos

Em segundo lugar, mostra-me como preciso cuidar e abraçar firmemente aqueles que me são queridos. Que melhor representação disso do que nosso pequeno príncipe e sua flor? Depois que o pequeno príncipe descobre que há mais rosas do que sua rosa, ele fica triste. Mais tarde, ao conhecer a raposa, ele revisita o jardim de rosas e percebe o valor de sua rosa singular.

“Claro, minha própria rosa, um transeunte comum pensaria que ela se parece com você. No entanto, ela é muito mais importante do que todos vocês juntos, porque foi ela que regei. Porque é sobre ela que coloquei um globo de vidro ”(121).

De Saint-Exupery, Antoine. O pequeno Príncipe. Traduzido por Juok Yoon. Indigo, 2015.

Da mesma forma, quero cuidar daqueles que são mais importantes para mim. Eles podem ser apenas mais um estranho ou pessoa no vasto mar de pessoas, mas eles são meus e isso é tudo.

3. Não estamos sozinhos

Terceiro e acima de tudo, o pequeno príncipe e piloto demonstraram que, mesmo quando separados, não estamos sozinhos. No final, quando o pequeno príncipe se foi e o piloto segue em frente, o príncipe ainda está lá, brilhando fortemente no céu.

“Quando você olhar para o céu à noite, porque eu moro em uma das estrelas, porque vou rir de uma delas, será como se todas as estrelas estivessem rindo! … E quando você se consolar … você será feliz porque você me conhece. Você será meu amigo para sempre ”(150).

De Saint-Exupery, Antoine. O pequeno Príncipe. Traduzido por Juok Yoon. Indigo, 2015.

Mesmo quando a distância e o tempo não permitem que você esteja com quem você ama, esse amor ainda está lá. O apoio e o cuidado podem estar mais distantes, mas não foram embora. Às vezes, basta um pouco mais de esforço para reconectar ou fortalecer o que é difícil de ver.

Se seus olhos dançaram ao longo das páginas de O pequeno Príncipe antes, talvez você pudesse encontrar alegria girando com as imagens mais uma vez. Se você nunca gostou da história de nosso querido príncipe, encorajo-o a dar uma olhada em seu pequeno mundo. Isso pode trazer algum conforto para você.

Afinal, acho que todos nós precisamos de um pouco de admiração atualmente, certo?


Precisa de algumas outras recomendações para passar? Confira essas postagens:

12 Livro para lidar com um inverno Covid-19

Alimentos e viagens (por meio de livros) durante uma pandemia

Por que estou entrando para os clubes de livros do Instagram

[ad_2]

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *