Vale a pena comprar livro de bolso?

Vale a pena comprar livro de bolso?
Paul Worthington / Flickr

Feitos para baratear os custos da editora, os livros de bolso ou pocket books são uma leitura prática em formato pequeno. O conteúdo é o mesmo, mas são mais baratos, não têm orelhas e capa é menos resistente podendo amassar ou rasgar. Mas vale a pena dizer que o bom estado de um livro depende do leitor porque nenhum livro aguenta os relaxados.

Os primeiros livros de bolso foram publicados pela editora alemã Albatroz Books em 1931. No Brasil, em 1993, com a “Coleção Globo” e um brasileiro é escritor recordista do Guiness Book, com 999 livros de bolso em seis anos. Atualmente quem domina o mercado brasileiro de pocket books é a editora L&PM com uma média de 100 títulos por ano dos mais variados gêneros.

Muitos leitores os criticam porque além de não terem orelhas, possuem acabamento inferior e sem os inúmeros detalhes de uma edição normal. Ao invés do pólen soft das edições normais, as folhas dos livros de bolso são em papel sulfite, as letras são menores e quase não tem margem. Leves e pequenos são fáceis de serem transportados para você ler quando e onde quiser. Outro ponto é que com o preço baixo eles ampliam o acesso à leitura colaborando com a inclusão social.

Cabe a você escolher o melhor formato do livro. O que não pode é ficar sem ler.

Deixe seu comentário:

Eduardo Artico

Eduardo Artico

Redator publicitário. Especialista na arte de criar sacadinhas e anúncios.

Veja mais publicações de Eduardo Artico

+ Artigos

10 famosos escritores brasileiros e suas principais obras
10 famosos escritores brasileiros e suas principais obras
Comprar livros da DarkSide Books tem sido uma boa ideia assustadora
Comprar livros da DarkSide Books tem sido uma boa ideia assustadora
Livros bíblicos ganham nova tradução fiel pela Paulinas
Livros bíblicos ganham nova tradução fiel pela Paulinas
Os 10 livros mais lidos no mundo nos últimos 50 anos
Os 10 livros mais lidos no mundo nos últimos 50 anos

Tags:, , , , , , , , , ,